Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Parceria entre Boticário e Governo do Estado fortalece polo de cosméticos

O Vagas Bahia é um site que divulga oportunidades de emprego nas cidades da Bahia. Curta nossa página no facebook, siga nosso instagram parceiro. Ao acessar, verifique os requisitos e candidate-se no final da matéria. Confira essa nova oportunidade:

Parceria entre Boticário e Governo do Estado fortalece polo de cosméticos 1

Há cinco anos, a posição geográfica estratégica, a segurança institucional oferecida pelo Governo do Estado e uma mão de obra capaz de enfrentar desafios atraíram um grande investimento para a Bahia. O Grupo Boticário implantou em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), uma fábrica e um centro de distribuição, que envolveram recursos de R$ 700 milhões.

Desde então, o mercado de cosméticos e perfumaria não para de crescer. Com 16 milhões de habitantes, a Bahia é o maior mercado consumidor do Nordeste e o quarto maior produtor do Brasil, sendo responsável por 30% do consumo nacional. Por isso, o Boticário está ampliando a produção no estado e pretende ampliar também o centro de distribuição.

O vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, João Leão, lembra que o Boticário é um exemplo de empreendimento que começou pequeno e hoje é líder em perfumaria e maquiagem no Brasil, além de estar presente em 15 países. Ele acrescenta ainda que a Bahia está de portas abertas para o segmento.

“O Governo do Estado vai investir cada dia mais nesse segmento de perfumaria. Nós temos os incentivos fiscais, podemos ajudar na aquisição do terreno, no financiamento, na elaboração e na execução do projeto. Temos a Desenbahia e parceiros como o Sebrae e o Banco do Nordeste. A perfumaria é um dos nossos melhores segmentos”, afirma Leão.

A presença do Boticário em solo baiano garante 850 empregos diretos na fábrica e no centro de distribuição, além de outros 1,5 mil nas mais de 300 lojas espalhadas pelo estado. Entre os funcionários, Natália Araújo faz parte do grupo desde 2014. “Eu era estudante e entrei como jovem aprendiz. Depois de dois anos, fui efetivada como auxiliar, ganhei prêmio de excelência, já pude entrar na faculdade e assim estou podendo me desenvolver”, destaca Natália.

Crescimento

No ano passado, o Boticário aumentou a receita em 7%, com uma receita líquida de R$ 13,2 bilhões, e inaugurou 62 novas lojas. Parte do sucesso, segundo o gerente industrial do grupo, Leandro Balena, é a localização. “Este foi um fator decisivo. Quando a gente fala da Bahia, nós falamos do Governo do Estado, da Fieb, do IEL, do Cimatec. O mercado contribuiu para o nosso crescimento. Então, a decisão tomada anos atrás, de estarmos na Bahia, foi acertada”, diz.

Agora, ressalta Balena, o Boticário está “dobrando a capacidade de fabricação de produtos de cuidados pessoais no estado e aumentando em 50% a capacidade de envase desses produtos na Bahia. Muito em breve, vamos também aumentar o nosso centro de distribuição”.

Para o diretor de Logística do Boticário, Fábio Miguel, estar na Bahia é um fator que aproxima os consumidores e facilita a liderança no mercado. “No ano passado, o Boticário investiu cerca de R$ 300 milhões na Bahia. À medida que investimos em novas linhas, envase e centro de distribuição, geramos novos empregos. Também estamos construindo um polo de fornecedores, com empresas vindas do sul do país e outras desenvolvidas na Bahia mesmo, para atender o grupo. Essa união entre fábrica, fornecedores e instituições tem ajudado a garantir esse sucesso”, finaliza.

você pode gostar também